Médicos contra corrupção

Grupo denominado Médicos contra a corrupção nasceu há pouco mais de um ano e surgiu do sonho de poucos amigos com os ideais de lutar por um Brasil mais justo para todos.

Inicialmente, nossos objetivos eram lutar pela candidatura de Sergio Moro e consequentemente lutar pelo fim da reeleição, fim do foro privilegiado e prisão após condenação em 2a instância, esta é a trilogia importante para se combater à corrupção sistêmica que assola o Brasil.
Daquele pequeno grupo de amigos, em poucos meses, aconteceu uma enorme adesão, o grupo cresceu e deu-nos a certeza de que estávamos no caminho certo, pois dividíamos o mesmo sonho uns com os outros. E assim, à medida que nosso grupo crescia também aumentava em nós a responsabilidade de ajudar a viabilizar um País com menos corrupção e mais prosperidade.

Atualmente, com centenas de colegas médicos de vários estados e regiões do Brasil, o grupo ganhou voz, visibilidade e também novos objetivos.
Nosso direcionamento sempre foi pautado pela ciência, pela verdade e pela busca da justiça, ou seja, a aplicação da Lei para todos. Nessa perspectiva, nosso grupo Médicos contra a corrupção adequou-se às realidades eleitorais e se juntou a tantos outros movimentos populares que compartilham conosco das mesmas pautas e mesmos ideais.

Hoje nosso grupo apoia o projeto – Brasil 200mais – que tem como principal finalidade a mudança do Congresso Nacional, uma intensa campanha, para que se possa eleger parlamentares, que de fato estão comprometidos com a pauta anticorrupção.

Entretanto, o grupo Médicos contra a corrupção, uma vez consciente das responsabilidades e inspirados no exercício da nossa profissão cuja mesma não nos permite desanimar e tampouco desistir – por mais sombrio que a situação se apresente – resolveu dar um passo a frente e continuar lutando contra a polarização populista que está presente no cenário nacional.

Dessa forma, é importante comunicar a todos, que partir desta data, oficialmente, iremos oferecer, de forma, espontânea e voluntária o apoio à pré-candidatura do Cientista Político Felipe d’Avila ao cargo de presidente do Brasil.

É bom esclarecer que a nossa decisão é respaldada pela certeza de que a polarização entre Lula e Bolsonaro é maléfica ao Brasil.
E ao analisarmos o nome do senhor Felipe d’Avila , concluímos que este pré-candidato apresenta-se como uma enorme opção, para que se possa sair dessa calamitosa polarização. Ademais, é lícito explicar a todos que levamos em consideração as pautas apresentadas por este Senhor que demonstrou estar do lado de fora do sistema. Isto porque existe um arcabouço de pensamentos e ideais muito próximos das pautas que nos motivaram a criar o grupo Médicos contra a corrupção.


Diante do exposto, a partir de agora, o pré-candidato Felipe d’Avila pode contar com centenas de médicos de vários estados e de todas as regiões do Brasil.

Certos de estamos fundamentados em nossos princípios básicos, que é a urgente pauta do combate à corrupção no Brasil, e com o foco de resistir sempre e não desistir jamais, o grupo Médicos contra a corrupção, guarda em si, a expectativa de que o Brasil e seus eleitores ao lado de Felipe d’Avila possam vencer essa polarização populista que tanto vem destruindo o desenvolvimento e o progresso do Brasil.

Em nome de todos os colegas que sonham com um Brasil melhor para nossos filhos e netos o meu muito obrigado.

André Luís Neves Leite – Idealizador do Grupo Nacional Médicos Contra a Corrupção.
Luigi Moraes – Diretor de imprensa
Osana Maria Coelho Costa – Fundadora do grupo
Alano Ribeiro de Queiroz Filho – Fundador do grupo
Ana Pinho – Fundadora do grupo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *